Bandeira Vermelha e Negra da FASP

Bandeira Vermelha e Negra da FASP
Bandeira da Federação Anarquista de São Paulo

A Confederação

" Quando a Confederação chegar nenhum muro, casa, apartamento, Status Cow, propriedades, radicais e trabalhos vão separar você de você que sera o carrasco e a vitima de você mesmo.
Por tanto se amem e sejam felizes, pois os bons frutos seram multiplicados e os maus frutos serão punidos em meu jardim.
Estou cansado de ganhar almas de Ingratos que ganharam tudo isto aqui e me prodizem maus frutos no paraizo. "

The Proibid

A Coluna Anarquista Organicista

A Federação Anarquista é a Espinha Dorsal do Anarquismo

quinta-feira, 28 de março de 2013

A Corrente Anti Estado e suas duas tendencias Internas


O Anti Estado viveu uma disputa interna vencida pelos Anarquistas representantes do grupo Anti Autoritário em disputa interna contra o grupo Autoritário que foi antecessor do Arianismo anteriormente ao crescimento do Nacional Socialismo Alemão ou resumindo o Nazismo de Hitler e seu fieis apóstolos generais.


Vamos montar de forma sistemática esta diferença na corrente Anti Estado, perante as duas tendencias Anti Estado na sua origem:


Princípios da origem do grupo Autoritário:

1º Grupo Alemão;
2º Estudantes de Biologia;
3º Estudantes de Geografia Física;
4º Defensores da Arianismo;
5º Destruição da Raça Humana;
6º Destruição do dinheiro;
7º Opção pelo Poder Publico;
8º Defensores da Ascensão Orgânica;
9º Defensores do mundo mistico;
10º Militaristas;
11º Ódio Racial;
12º Expansionismo Germânico. 


Princípios da Origens do grupo
Anti Autoritário:

1º Grupo Inglês;
2º Estudantes de Historia;
3º Estudantes de Geografia Humana;
4º Defensores do Humanismo;
5º Posição Anti Curia;
6º Dinheiro como regulador de trocas;
7º Opção pela Monarquia
(Poder Publico e Poder Privado);
8º Defensores da Ascensão de Classe;
9º Defensores da Ascensão Econômica;
10º Desenvolvimentistas;
11º Defesa das minorias e oprimidos;
12º Globalização Econômica.



Analogia:

1º Os grupos tiveram suas origens localizadas  bem como suas influencias posteriormente como no caso dos Anti Autoritários que fundaram grupos Anarquistas em todo o Mundo em disputa com osa Autoritários;
2º Quando o gol alemão da biologia fez espíritos acreditarem na reprodução biológica o mundo foi lançado no "Monoteísmo Biológico" e a crença nas diferenças ou até mesmo na virgindade da Ave Maria caíram por terra, enquanto os Ingleses faziam a Historia Econômica mudar o mundo que conhecíamos alterando o Estado para a Realidade da Revolução Permanente Burguesa;
3º Os Autoritários criaram uma crença Religiosa na Superioridade Racial justificada pelo forte militarismo de devastação, enquanto os Anti Autoritários organizavam Sindicatos Revolucionários em todo Mundo Europeu;
4º Então no ringue da Luta de Classes estava o Arianismo e o Humanismo, o Arianismo defendia o ódio racial e o humanismo a união racial na crença religiosa de que todos eramos humanos e o Cristianismo foi usado nesta defesa de princípios do grupo Anti Autoritário;
5º O Arianismo vendo os Judeus como representantes da raça Humana desídio pelo seu extermínio em campos de concentração e o holocausto dos Judeus foi a ideologia Ariana de Guerra Racial, por outro lado a Inglaterra diz ao mundo que o REI é o Radical ED da Igreja, e ele é um Inglês  portanto a Igreja se entende Inglaterra e a Curia deveria obedecer o REI, isto levou a Inglaterra rachar com Roma que criou a posição de PAPA ou Grande Pai para substituir a posição do filho chamado REI ou Inglaterra, e decretou o REI é um Judeu e decretamos Guerra contra a Alemanha;
6º Na pauta dinheiro ou não dinheiro, porem a patologia econômica venceu e o dinheiro se tornou o simbolo mundial das economias;
7º Na pauta Poder Publico ou Poder Privado, porem os Anarquistas diziam, nem poder Publico, nem Poder Privado, Anarquismo pois este representava o Poder Inglês Monárquico;
8º Os Alemães eram filhotes Humanizados e evangelizados que se chamaram Arianos, enquanto o mundo ficou segado pelo Humanismo como única verdade, descendentes de origens das florestas e campos eram Anti Sistema pois este era o modo urbano de vida da Matrix ou Matriz Humana, enquanto o Classismo era o modo humano de resolver os problemas da economia do sistema das cidades;
9º O pensamento mistico e magico influenciou todo o Hitlerismo que buscava formulas de como chegar ao centro do mundo, enquanto o Anarquismo vai criar sua bandeira Ideológica com corte diagonal na defesa da ascensão econômica e de classes como forma de mostrar sua politica de destruição do Estado criado pela Curia e implantar um Estado Anarquista da Utopia do Mundo do Trabalho;
10º Enquanto a Alemanha trassava sua futura derrota pela ideologia Militarista, a Inglaterra trassava seu futuro triunfal vitorioso pela ideologia desenvolvimentista econômica;
11º A Luta Anti Fascista se alastrou no mundo pois a ideologia de superioridade ganhou recrutas do ódio e no mundo todo, ela porem derrotada sempre voltou a renascer das cinzas, enquanto os valores de solidariedade diminuídos pelo individualismo burguês econômico, gerou uma nova pratica que realizava a solidariedade só através de instituições e não mais pela mão direta amiga;
12º O Expansionismo Germânico foi derrotado pela Guerra Mundial e a Globalização já tinha se tornado uma pratica inevitável ao mundo, que só tinha agora o modo de vida Inglês para viver, a economia como reguladora da vida.



Os Anarquistas

O Anarquismo era o nome do amor do King Edward a Rainha Ana, se tornou a referencia do amor dos homens as mulheres e posteriormente o amor como simbolo do Anti Autoritarismo, que encheu o Anarquismo de muitas Lutas por Liberdade, porem os Alemães  que se voltaram para o Anarquismo trouxeram os princípios do Ecologismo Libertário, Veganismo e Libertação Animal e não mais o Ódio Racial e sim a Solidariedade e Amizade com amor aos filhotes, porem o grupo alemão era marcado ideologicamente pois vira e meche falavam contra o dinheiro e na formação de um Exercito Anarquista, posição execrada pelos Anti Autoritários, que diziam olha lá a Bandeira Anarquista, vocês não sabem ler ?! Nos somos a Ideologia da Ascensão Econômica, da Ascensão de Classe, o dinheiro é o simbolo de King Edward e o "E" de Edward sera o simbolo do "E" de Euro, da União Europeia, a Internacional de toda a Europa Unida.



segunda-feira, 25 de março de 2013

O Anarquismo entre o Estado e o Partido

" Vem peixinho, peixe e peixão morde a linha da minha mão "


A Internacional Socialista viveu o dilema chamado "ESTADO" e entre Anarquistas e Marckcistas politicas diferentes para o Socialismo foram praticadas e teorizadas.
Os Anarquistas viveram o dilema; 
Destruir o Estado e o que por no lugar ? 
E os Marckcistas viveram o dilema; 
Tomar o Estado e o que fazer com ele ?

Esta politica diferenciada tinha uma teoria e uma pratica e exercia influencia nos dois grupos da Internacional Socialista.
A Politica estava em formar um Estado Socialista ou tomar o Estado.

Os Anarquistas Franceses sonharam com um Estado Laico e Democrático de Federações Comunais, os Anarquistas Russos sonharam com um Estado Socialista de Sovietes Livres que fundaria uma Democracia Direta, os Anarquistas da Espanha sonharam com uma Republica Sindicalista de Comités Sindicais, os Anarquistas Chineses sonharam com uma Monarquia Popular fundada nas agremiações estudantis, familiares e de trabalho, os Anarquistas Americanos e Caribenhos sonharam com um Espaço Libertário de base mercantil do sonho e do laser, como base politica do cinema e da cultura pop, rock e jamaicana, sua pratica final foi o nascimento da Disney, dos parques, dos Museus e de um forte turismo na região.

Os Marckcistas sonharam em tomar o Poder do Estado, criaram a Social Democracia e o Estado do Bem Estar Social na Europa, o Estado Socialista na Rússia, o Império Socialista Chines, o Sonho da Guerrilha Libertadora na América Latina e Africa, o inimigo numero 01 dos Estados Unidos com uma Cuba Socialista Ditatorial, derrotas e vitorias nas Urnas Latinos Americanas do Sandinismo, Chavismo e Lulismo, pondo um fim ao movimento social.

Estes dois grupos com politicas diferentes e divergentes influenciaram o Anarquismo e o Marckcismo, trazendo ao Anarquismo os Marckcistas Libertarios ao Debate Libertário e ao Marckcismo os Anarco Bolcheviques com sua pratica partidária de Partido Anarquista

Este fato dividiu o Especifismo em 02 e 03 grupos diferentes e divergentes:
(Dilema Especifista)

O Especifismo de orientação operativa de influencia Inglesa defendeu a Tese de que os Anarquistas deveriam se organizar em um;
"ESTADO ANARQUISTA" com uma pratica
de base na "Educação Anarquista" junto as Escolas, Ateneus Libertários e ao Movimento Social com atividades de formação politica com base na pedagogia libertaria e do oprimido e militância de frente de lutas.

O Especifismo Latino Americano de orientação Uruguaia defendeu a tese da necessidade da criação de um "Partido Anarquista", com a pratica da "Inserção Social" nos Movimentos de Esquerda Latino Americanos, porem sua pratica mostrou que o que fazem é rachar os grupos Anarquistas e de Esquerda para formar seu Partido Politico Anarquista de Infiltração.

Plataformismo Ucraniano e Russo, chamado também de especifismo por ter Mackno e Malatesta um dilema em torno da Organização Especifica dos Anarquistas, apresenta uma proposta, porem esta proposta viveu e amadureceu em um período de Guerra na Ucrânia e na Rússia e sua pratica de se constituir em um Exercito Insurrecional não foi bem vista por Malatesta, porem foi revista por quem e para quem compreendeu a necessidade local de auto defesa do grupo, porem é tão somente um fato histórico, relevante e não uma formula magica mecânica de princípios que devem ser seguido com necessidade.

O Dilema então mudou pelo que se refere ao Anarquismo Especifista:

Os Anarquistas Ingleses acreditam no dilema:

" Destruir o Estado de Representações Institucionais e por no lugar um Estado Anarquista de Instituições de base da Educação Libertaria, como Escolas e Ateneus Culturais "

Defendem uma Internacional da Educação Anarquista onde todos possam aprender de tudo livremente e não necessitem ser dependentes de politicas esternas econômicas e paternalistas, onde este Estado Anarquista coloque em Xeque Mate o Poder Burguês.

E os Anarco Marckcistas (Bolcheviques) ou Anarquistas Uruguaios defendem o dilema:

" Construir o Partido Anarquista e tomar o Estado, transformando este em uma ferramenta de Construção Anarquista Latino Americana ". (FAU/CAB/FAO)

Defendem uma Internacional do Partido Anarquista transformando o Estado em uma ferramenta da pré Anarquia, como um período de transição permanente onde se necessite do Estado Administrativo, mais onde seu poder seja diluído com o Avanço do Poder Popular.

Porem ambos grupos Anarquistas Especifistas convergem na tese "ESTADO".

O que é ESTADO ?

Na Cultura Portuguesa, Estado é:

Verbo
Natureza
Instituições

O combate ao verbo é a poesia e o jogo de palavras sua pratica final babilônica, o combate a natureza é a destruição da vida no planeta e a destruição das instituições com o fim da civilização, por tal motivo a pergunta, o que por no lugar do Estado ?
A pratica Anarquista Portuguesa foi jogar com o Estado, seja com poesias, documentos, sacramentos e ou com dinheiro.

Na Cultura Inglesa, Estado é:

Física
 Matéria
Força Natural

Quem da murro em faca sai ferido, quem constrói casa sobre o tereno perigoso, um dia a casa pode vir abaixo e se perder tudo.
A pratica Anarquista foi vivenciar a Revolução Industrial e a Modernidade Burguesa.

Na Cultura Espanhola, Estado é:

Representação
Instituição
Família

Este é o Estado entendido pelos Anarquistas da Espanha e é deste Estado que se fala desejar combater, como "anjos decaídos" as mulheres ganharam liberdade, a Igreja depredada e a representação se tornou feita por quem trabalha, por quem produz.
A pratica do Anarquismo Espanhol foi combater o Estado deis da sua base até as suas instituições e representações publicas.

Na Cultura Francesa, Estado é:

Sistema
Espirito
Principio

A França se viu "Gótica" apaixonada pela noite, o principio se tornou religião mistica, o espirito deu espaço a mesas mediúnicas e ao sincretismo cristão, até a chegada da geração Matrix e seu sonho tecnológico mórbido, o Anarquismo Frances no combate a seu Estado pensa na constituição do Espirito Anti Autoritário chamado de Anarquista. 

Na Cultura Italiana, Estado é:

Politica
Historia
Republica

A Cultura Italiana é a historia majoritária do Império Romano e combater o Estado é sinônimo de combater o Império de Roma.

Na Cultura Alemã, Estado é:

Humano
Biologia
Exatidão

O determinismo da Escola e da Cultura Alemã acreditou combater o Estado da Exatidão com teses Universitárias da teoria do CAOS, do Efeito Borboleta, no combate ao Estado da Biologia com suas teses Racistas do Arianismo e superioridades raciais, miscigenação e ciclos e círculos de sociedades raciais e o holocausto para a Raça Humana como forma de combater o Estado Humano de dominação mundial.

Em outras Culturas o Estado é visto muito diferentemente como no Oriente e outros Países da Europa e da América, compreender o que é Estado e com quem esta se falando sobre isto, é um papel do Anarquista que não puxa carroça.

A Internacional Anarquista

A INTERNACIONAL ANARQUISTA

" Avançar o Anarquismo em todas as direções ! "

A Internacional Anarquista também é chamada de 1º Internacional, foi marcada pela forte presença do Sindicalismo Revolucionário e posteriormente pelo Anarco Sindicalismo.
Porem não foi só de Sindicalismo que o Anarquismo insurgiu no mundo.
A criação de Ateneus Libertários foi a forma encontrada pelos Anarquistas para trabalhar Formação Politica, Cultura libertaria e Educação Libertaria junto ao Movimento Social que insurgia na Europa, Caribe, Brasil, Argentina e China como por exemplo os grupos de gênero como a Luta Feminista e Ecologista.
Estes grupos levaram o Anarquismo a ampliar sua pluralidade e participação organicista.
Anteriormente os Anarquistas tinham até a 10º Internacional que participar dos encontros do Socialismo Marckicista, buscando espaço em uma casa perdida para o encantamento das politicas pro Estado Socialista, quando ganharam destaque na 11º Internacional chamada de Internacional do Cristianismo Libertária que promoveu encontros e palestras em todo o mundo por uma nova Espiritualidade Libertaria de caráter Ecologista de Movimentos Vegetarianos, Veganos, de Libertação Animal e pela Juventude Libertaria STREIEDGE que posteriormente se chamou Streetedge e mais a frente Straightedge e hoje na 12º Internacional chamada de Internacional Autonomista que revindicava o Comunismo Monetário também chamado de Comunismo da Base da Piramide, o Anarquismo é linha de frente nos confrontos nas ruas na Luta Anti Fascista e ou na formação de Grupos Econômicos Autonomistas.

" Simbolo do Nível Jurídico Anarquista (Entidades Jurídicas)"

Poderíamos marcar na ordem de chegada os Anarquistas em 12 grupos de tendencias da Internacional Anarquista hoje.

" A Guarda da Rainha Ana, guardiões da Anarquia "

1º Sindicalistas Revolucionários / 
Anarco Sindicalistas 
(Maior participação de Espanhóis);
2º Atenienses Libertários / Centros de Cultura
(Participação maior de Italianos);
3º Educacionistas Libertários / Bibliotecários
(Maior presença de Franceses);
4º Mulheres Livres / Feminismo Libertário
(grupos Espanholas, Francesas, Alemães, Italianas, Portuguesas e de Ucranianas hoje);
5º Plataformistas / Exercito Insurgente 
(Grupo de orientação do Anarquismo de Guerra formado por Russos / Ucranianos);
6º Especifistas / Maçonaria Operativa Inglesa
(Grupo de Orientação Inglesa e Monárquica);
7º Ecologistas Libertários / Veganismo Anarquista 
(Grupos majoritários de Alemães);
8º Ateísmo Libertário / Ateísmo 33 
(Forte presença na Grécia); 
9º Juventudes Libertarias / Juventude Anarquista 
(Maior presença no Brasil, Espanha, Itália, Alemanha e Grécia que vive hoje em Inssurreição Anarquista);
10º Terrorismo Poético / Piratas da Anarquia
(Grupos Orientais do japão e da China);
11º Cristianismo Libertário / Anarco Cristianismo 
(Grupo maior no Brasil);
12º Autonomismo Libertário / Anônimos
(Grupo da atualidade e internacional, forte presença de Americanos, Europeus e Brasileiros entre muitos outros membros);

"Recrutamento para a Anarquia Mundial / Estado Anarquista"

segunda-feira, 18 de março de 2013

domingo, 17 de março de 2013

O projeto de USA contra a Esquerda Latino Americana

O Avanço da Disney


Projetos de novos parques da Disney no Brasil, Argentina e México vem junto com Copa do Mundo, Olimpíadas e Eleição do novo Papa Francisco I, ambas na pratica da pauta do Pentágono em USA no combate do avanço da Esquerda na América Latina.
O Papa Francisco I, teria a missão de realizar atividades em toda América Latina e com isto ativar o programa do pentágono de conter o avanço do Chamado:
"Continente de Esquerda" na América.

" Pegadinha do Malandro, tetinha, heheeee"

Links de Propaganda da Disney:
http://www.dududislima.com/2012/11/construcao-de-parque-da-disney-no.html
http://www.disneymania.com.br/novas-chances-de-um-parque-disney-no-brasil/


Parque da Disney abandonado na China
A Utopia do Império Disney barrada 
pelo Império Comunista Chines


É Possível uma outra Disney ?
Como querem os Anarquistas Caribenhos
Um Parquinho do Anarquista Edu Chávez
Porem esta historia já aconteceu !
O Anarquismo foi Estado no Brasil
Foi combatido, traído e destruído
E ficou a Luz da Estrela que já se acabou


" Por uma Politica Anarquista de alastramento dos Ateneus Libertários, como base da politica do Estado Anarquista em todo o mundo "

sábado, 16 de março de 2013

Um volta pela Torre do Relógio Anarquista de King Edward

Um Turista Anarquista ascendendo aos céus
Um conto de uma odisseia no mundo religioso que nos cerca, na figura particular de um aprendiz do ateísmo 33, declarando o que viu aos aos apóstolos e sacerdotes Gregos do Templo ao REI Edward chamado Templo da Educação, localizado nos hemisférios da Sabedoria da percepção.

" Tirando onda de surfistas ferroviários "

A Origem do Principio da Lux entre as Trevas

Entre os Satânicos eu conheci o surgimento da propriedade privada muito antes do surgimento da Humanidade e isto era uma situação contraria a minha verdade como espirito do comunismo libertário, bem como conheci a odisseia humana e o surgimento e evolução das tribos, presenciei nascer uma religião em torno do Pai e guerras surgirem por esta centralização.
Estes primeiros humanos teriam uma eterna competição entre ter alguma coisa ou ser tudo do Proibidu proprietário de tudo.

O Começo das Cidades

Entre os diabólicos eu conheci o surgimento de homens que professavam ideias e vi destes surgir ateneus, escolas, universidades e governos, de um povo formado por camponeses, ladrões, artesões, comerciantes e soldados eu vi nascer a Igreja.
Pude ver o estandarte de Roma se chamar Socialismo e fazer uma revolução em nome dos proletários e assim construir o pensamento inicial do espaço publico e do poder publico.
Estes eram tão demoníacos que negavam a vida e promoviam extermínios, alem de centralizarem neles as figuras de Estados enquanto nas periferias estava o Cristo transformando a vida junto aos pobres com uma pratica insurgente e pacifica, mostrando que as instituições não nos representam.

" A Lula Presidenta do Brasil "

O Surgimento da Burguesia

Entre bestas humanizadas pude presenciar um Judeu se tornar REI da Inglaterra e transformala em um Império e uma verdade sistemática em todo o Mundo e que suas ações daria inicio a uma permanente Revolução Burguesa de instituições e capitais, onde o dinheiro se tornaria o novo Deus das Cidades, pude ver este REI transformar o Cristianismo na Religião de Estado e das suas diferenças com os Franceses nascer o Espiritismo como uma forma de contrabalançar as diferenças de grupos, pensamentos, filosofias, sociedades e instituições.
As bestas eram tão humanas que defendiam verdades e dogmas de cartilhas doutrinarias repletas de sua ancestralidade bestial, não sabiam se abririam mão do corpo bestial para se tornar espíritos evoluídos ou negariam a humanização e voltariam as selvas para novamente fazer o templo da carne se reproduzindo como feras livres do que servir a liberdade no cativeiro do dogma de curias.

A conspiração de quem este ar respira

Entre os Luciferianos conheci o motivo das Sociedades Secretas em criarem cidades controladas por religiões que as escondidas se liam em códigos e símbolos misticos religiosos e destes o surgimento de cavaleiros em busca da verdade, que seriam transformados em símbolo dos exércitos e dos Estados.
Também vi surgir um novo império religioso de um Estado Centralizado por lideres religiosos se alastrarem em uma nova guerra do passado que pede para ter um futuro e não ser excluído do mapa da anarquia mundial.
Esbarrava de proposito nos anjos negros como quem os provoca, pude perceber o que muitos não viam, vi a loucura dos Arcanjos de assas brancas e recebi o espirito santo que acalmava minha alma inquieta por conhecimento.

" A Medalha da Imaginação Criativa "

" ... Eu nasci a 10.000 anos atrás e não há nada mais neste mundo que eu não saiba demais ... " Raul Seixas

quinta-feira, 14 de março de 2013

Especifismo não é Anarco Bolcchevismo da FAU/CAB/FAO



Especifismo não é o Anarco Bolcchevismo da FAU




Triste pratica da CAB, FAU e FAO.

1º Atacam de Cara o Movimento Libertário ofendendo e caluniando Grupos Libertários;
2º Confunde Especifismo Inglês com a pratica do Anarco Bolchevismo da FAU;
3º Não entende nada de Anarquismo ou finge não entender, para dar o bote.

1º Nos Anarquistas promovemos a Tendencia Libertaria qual o FAO e a CAB atacam, o Movimento Libertário é o filho do Anarquismo, o Circulo concêntrico ao redor do Circulo Anarquista, esta pratica da FAO/CAB mostrou que nada sabem sobre Anarquismo e Libertários e que estão aqui muito mau intencionados.

2º Especifismo não é o Partido Bolchevick qual a FAU e sua FAO e suas estancias como a CAB tentam fazer dando um golpe no Anarquismo Organizado e atacando grupos antigos como dos Anarco Sindicalistas da AIT e suas representações como da COB, alem dos ataques que fazem aos grupos coligados como o Movimento Anarco Punk, SOMA entre outros.

3º O Anarquismo camaradas Especifistas é a casa da Monarquia Inglesa, da Maçonaria Inglesa por tal motivo não é nem poder publico e nem poder privado e sim os dois poderes e entendendo assim ataca qualquer governo e dinheiro capital independe deste se vestir com o uniforme do Huguinho ou do tio patinhas.

O Anarquismo nunca apoio "Hugo Chaves", porem os Golpistas filhos da serpente da FAU vem sempre com estes delírios.

As Sociedades Secretas criaram os Reis e derrubaram estes quando não precisaram mais deles e faram isto com qualquer sistema que criarem e não forem hegemônicos.
Por tal motivo todas as Revoluções que quiseram um Poder Participativo caíram como os Sovietes Livres na Rússia, como os Comités Sindicais Revolucionários na Espanha, como as Agremiações Livres na China ou como os Ateneus Libertários no Caribe, Cuba, Nicarágua ...

Só para lembrar Durrut manda fechar os Comités Sindicais na Espanha porque a Maçonaria avia perdido o controle da Revolução Espanhola.

Agora os Trouxas da FAU e suas serpentes que atacam Anarquistas e Libertários, dizem que o Especifismo foi a FAU que criou, que mentira, o Especifismo é a Maçonaria Inglesa otários.

O Anarquismo não apoiá a 10º Internacional conhecida como a Internacional Popular ou dos Governos do Continente de Esquerda ou ainda Governos Latino Americanos.

O Anarquismo não sera transformado em um Partido Politico ou em apoio a estes, sejam de esquerda ou de direita, por bem ou por mau dos que estão se dizendo Anarquistas sem entender em que rede caíram como peixes.

O Especifismo não é os métodos do Bolchevismo da FAU e sim a Maçonaria Operativa Inglesa.

A Bandeira Anarquista com o corte em diagonal é a pura ideologia Inglesa de ascensão de classes, digo isto para aqueles cegos que analfabetos políticos das comunicações, não sabem ler e por isto não sabem entender códigos.

Quanta bobagem doutrinaria são escritas em nome do Anarquismo, parece as repleções Chinesas de Mao sobre as Agremiações Livres, impondo suas cartilhas doutrinarias como faz ao MST aos Anarquistas do MST.

FAU e seus filhotes voltem pro útero negro, voltem para o seu caixão, sumam daqui, porque nos Anarquistas vamos amarrar um nó nos cardaços de seus sapatos dentro de suas casas, quando vocês estiverem dormindo, para avisar do dia de sua execução sumaria quando vocês acordarem.

Ser Anarquista e ter sentimentos pela Rainha Ana da Inglaterra Rebelde e por todas as suas sucessoras.

Ou vocês não entenderam ainda as biografias Anarquistas de Príncipes, Aristocratas, Maçons para entender quem são os Anarquistas.

Se brigam por títulos a qual não lhes pertencem, vocês nada mais são do que Revolucionários Burgueses.

Uma rapidinha de nossa presença na Historia das Internacionais Socialistas




A 1º Internacional é a casa Anarquista, nossos métodos;

Na 2º Internacional somos a oposição permanente contra o Partido Politico seja na mascara que vier;

Na 3º Internacional somos o exercito insurgente e a teimosia Malastestiana na conversão dos Marxistas;

Na 4º Internacional somos o espaço aberto em convite ao debate aos Marxistas Libertários dissidentes do Partido do Clero do Marxismo Ortodoxo;

Na 5º Internacional somos aqueles que entram para trabalhar no Estado e em suas secretarias, para sobreviver e não ser mandados aos campos de concentração do extermínio politico religioso;

Na 6º Internacional somos os militantes libertários buscando espaço politico para trabalhar, porem somos justo a tendencia taxada de Liberais Radicais e evitadas pelo Clero Maoísta;

Na 7º Internacional somos os poetas românticos que se lançam em apoio direto ao movimento social, apegados em valores éticos supremos contra a tirania;

Na 8º Internacional somos os editores de blogs, sites e textos Informativos na moderna estrutura mundial de comunicações, que tendem cada vez mais ao controle na falsa liberdade vigiada por dentro e por fora dos portões do Big Brother do Deus que tudo vê e tudo sabe em USA ou CUBA;

Na 9º Internacional somos o nosso próprio engano em acreditar nas eleições na Nicarágua Sandinista e voltar depois junto com o EZLN na Utopia Libertaria da Internacional Zapatista por identidades Locais frente ao processo irreversível da Globalização;

Na 10º Internacional somos apenas os eleitores de esquerda, no Continente de Esquerda da Internacional dos Governos Populistas, se dividindo em apoiar ou não os Governos Populares;

Na 11º Internacional somos de novo o Cristianismo Libertário abrindo os olhos de quem não quer enxergar o que esta acontecendo na América Latina e no Mundo, com ascensão do Fascismo na Grécia e em toda Europa;

Na 12º Internacional voltamos em insurgência com o Autonomismo do Comunismo Monetário, em autos confrontos de ação direta nas ruas de todo o mundo.



DEUS SALVE A RAINHA



Viva a Anarquia ! 
Viva Ana Arquissezana 
E o seu Exercito Rebelde 
Viva a Bandeira do Senhor dos Caminhos 
Viva o Show dos Alastros


"V" Meu PAI
Exércitos viram em seu nome


terça-feira, 12 de março de 2013

Setenta e Cinco é Sempre Anarquista

Satanismo, Diabolismo, 
Bestialismo e Luciferianismo

" O Bem e o Mau 
em um romance de Astros de Ala " 

Praticas diferentes, entidades diferentes, historias diferentes e mitologias diferentes

" Efeito Espelho, narciso acha feio "

Satanismo é o Santinho da inversão
Faz a jogada dos contrários
Onde tudo é nada e nada é tudo

" O Cristianismo Vermelho do Socialismo,
não julgue para não ser julgado ! "

Diabolismo é o jogador das palavras
Chinca, insulta, ofende, calunia
Pois assim ganha as almas de quem julga

" Miscigenação e novas raças, ousadia em não permitir
que o ciclo se feche, que a cobra morda o próprio rabo "

Bestialismo é a besta evangelizada e crente
Ser ou não ser; carne ou espirito
Filhotes humanizados por Padres Alquimistas

" Conspiração Luciferiana, 
a esquerda almeja tomar o poder "

Luciferianismo é a conspiração dos mestres
Religião, castelos, amores e traições
A grande tomada do poder pela isca e o anzol

" Squat: o bicho da maça, simbolo Anarquista de 
ocupação de casas abandonadas e edifícios abandonados "

Anarquismo Verde e Negro

Poesia Green Anarchy

Grão Grun Gruw
Tire ele daqui

Pelo Portal de teus olhos eu CHEgo lá !


Carta de Paus
Cara de Pau
Canta o pecado original
Enterra o morto
Sobre a pedra
São Pedro
Semente
Agora brotaremos novamente
E sejamos Flores
A Rosa desta Coroa
Espinhos do Arcuador
Destes gaiatos no navio
Antes da moto serra
Chegar e nos podar
Clássicos  Terror
Grimm     Grinch
The            Lorax
Jardim do Éden         Anarchy Verde
Paumerenses         Anarquistas
Jogo           Sujo

''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''""""""""""""""""""''''''''''''''''''''''''''''''''''''

segunda-feira, 11 de março de 2013

Visionários de um programa de Poder Anarquista

O Programa de Poder do Anti Autoritarismo



Na Revolução Espanhola eram os Comités Sindicais a base do poder do Classismo Politico Espanhol onde o Sindicalismo Revolucionário recebeu forte influencia Anarquista e se decretou Anarco Sindicalismo, porem esta Utopia vista e revista pelos Visionários levaria a Espanha a uma Republica Sindicalista, pois os comités sindicais eram a base do novo poder popular na Espanha.
A Revolução Espanhola bateu de frente contra o Capitalismo, a Classe Patronal, o Clero, o Fascismo, e toda forma de Autoritarismo, foi derrotada pelos falangistas e pelo Exercito Franquista e traída pelo Partido Comunista.


Na Revolução Russa eram os Sovietes Livres a base do poder de gestão politica comunarte onde os Anarquistas investiam sua participação politica com mais exito, tendo como  Base de gestão política o Sovietes Livres, onde os Visionários deslumbravam uma Utopia Libertaria da Democracia Direta sem a interferência da burocracia do Estado ou da intervenção do Partido Comunista Russo.
A Revolução Russa foi traída pelo Partido Comunista que decretou um executivo do partido para cada Soviete que agora não era mais livre e devia obrigações para as autoridades de Moscou.


Na Revolução Chinesa eram as Agremiações Estudantis a maior base politica do Partido Comunista Chines que sonhou com uma ação Visionária edificando uma Monarquia Popular construída pela base popular comunista, onde sua forte Mistica Doutrinaria, logo perseguiria os Anarquistas, pensadores e intelectuais livres não liberados pelo Partido Comunista Chines e sua Cartilha Doutrinaria Maoista.
Os Anarquistas não foram traídos somente pelo Partido Comunista Chines e sim pela formula magica da Mistica Doutrinaria que fazia a verdade exclusiva do Partido Maoista não ser contestada e seguida a ferro e fogo pelos chineses ideologizados.


Na Revolução Caribenha eram as Associações Culturais promovida pelos Anarco Sindicalistas Espanhóis e Italianos a maior influencia libertaria que criou uma pratica de um Sistema Federativo com base nos Ateneus Libertários sendo transformados em um Sistema Politico do Anti Autoritarismo na Nicarágua, em Cuba, no México, em Honduras e em Barranas.
Os Anarquistas perderam na Nicarágua pois a direita via como sempre eles como subversivos e perseguiu os pensadores livres e ainda em um segundo momento perdendo as raízes da Ordem Vermelha e Negra ajudam a fundar o Partido da FSLN e se vem engolidos pelo jogo democrático,  em Cuba influenciaram o Movimento Popular que adotou suas cores como as cores da Libertação, porem com o assassinato de Camilo Sin Fuegos os Anarquistas se viram calados e com a morte de Che Guevara se viram ameaçados a se tornarem os novos presos políticos de Cuba, no México se lançam para a guerra de guerrilhas e se somam nos primórdios do EZLN, em Honduras e no Barranas se juntam a Resistência Popular e saem trocando tiros com a Policia usando dreadlocks e fundando o movimento rastafári que em primeiro momento foi  perseguido pela policia até o advento Bob Marley.



Uma coisa é certa pela direita ou pela esquerda nos Anarquistas fomos sempre os inimigos por falar em Liberdade e sonhos de grupos sociais.


O Programa do Anti Autoritarismo deve levar esta questão, independente do campo politico, seremos os inimigos do poder e de quem manda e desmanda.
Pois batemos de frente contra o Ego Paternalista e Autoritário, devemos entender o mito Luciferiano do Arcanjo que contesta, o mito Satânico da Inversão Santa, o mito do Diabo que ofende e é punido, o mito da besta que foi humanizada e vive o dilema entre ser ou não ser a carne ou o espirito.



''Quando o REI tiver armas e não somente tintas, nos iremos armados não só com spray de Punk's e coquiteis motov´s de rebeldes, iremos armados como um exercito de um homem só, para na nossa revolução da cores, vencermos !"

sábado, 9 de março de 2013

Encontro Anarquista Caribenho

" Como em um sonho estávamos lá  
no encontro da Bandeira Negra "


A maioria dos Anarquistas no encontro eram jovens usando dreadlocks alguns eram Rastafári, outros Anarco Punks ou EMOs mais nem todos eram tão jovens assim, o encontro contou com a presença de Anarquistas de 99 anos entre outros.

Pré Encontro de Anarquistas em Miami

O Anarquismo EMO em Pauta

Pautas Caribenhas

1º Poder Publico ou Poder Privado;
Alternativa de Poder perante a conjuntura;
3º Experiências Históricas de Poder e o Anarquismo;
4º Encaminhamentos para um novo Encontro na Argentina.

Pós Encontro em Orlando

Avaliação do encontro Anarquista Caribenho


RESOLUÇÕES:

No Pré Encontro de Anarquistas em Miami onde o Anarquismo EMO estava em Pauta, se debateu mais sobre a existência de uma forte tendencia de separar e dizer o que é ou não é emo, mais do que debater sobre o Anarquismo e faltou muito conteúdo e conhecimento, ao ponto do encontro ser considerado um processo das Juventudes Anarquistas na construção de sua identidade de grupo, processo que foi observado a pouco tempo no movimento punk que amadureceu no debate e na pratica anarquista em todo o mundo.
Porem foi apresentado o nascimento do EMO em São Paulo, como a edificação da Vila Penteado e as atividades junto a Freguesia do O e a correlação de somatória de forças culturais junto com o Movimento Punk que influenciou tendencias emos.
Nada foi tirado porque o emo data de um nascimento em torno de 75 no seio do Movimento Punk e de gêneros hardcores e no debate politico ainda engatinha como um bbbezão Hard Core.
 
Pautas Caribenhas

1º Poder Publico ou Poder Privado;

Existia uma forte tendencia de defender o poder publico perante o poder privado como escolha dos Anarquistas pela delegação Caribenha de Bahamas, porem esta estrutura de poder foi negada pela maioria dos Anarquistas presentes, que deixaram bem claro que o Anarquismo busca construir referencias locais porem sua casa é a casa da Monarquia Inglesa, por tais motivos os Anarquistas são Poder Publico e Poder Privado impossível de separar um do outro devendo os Anarquistas buscar uma forma de Poder Libertário construído de baixo para cima em sistema federativo, organizado em níveis, frentes e setores nas agrupações locais.

Alternativa de Poder perante a conjuntura;

 Foi debatido a importância dos Ateneus Libertários perante a atualidade do Anarquismo inserido nos Movimentos Culturais em todo mundo, devendo a orientação guia dos Anarquistas se inserirem em espaços culturais, centros culturais, bibliotecas ou casas onde a oportunidade para a construção de uma alternativa ao poder e de poder fosse realizada e tivesse espaço para suas manifestações politico culturais.
Foi debatido que um novo poder tendo como base os centros culturais levaria a um espaço dos Sonhos Livres, a uma Utopia Libertaria, a uma Republica Federativa Cultural.

3º Experiências Históricas de Poder e o Anarquismo;

Se apresentou as falhas da Revolução Espanhola, da Revolução Russa e da Revolução Chinesa e as atuais praticas do EZLN no Mexico e que em ambas revoluções os Anarquistas tiveram uma proposta de Poder Anti Autoritário e transformador da realidade politico, social e econômica, porem a traição ou o "JUDAS" sempre existiu para o REI e sua pratica de construir um mundo junto aos de baixo até junto aos de cima.

4º Encaminhamentos para um novo Encontro na Argentina.

Foi eleita a FASP como delegado de organização da pauta, da data e das atividades junto aos companheiros Argentinos, para o encontro a ser realizado na Argentina entre novembro de 2013 a agosto de 2014.


Pós Encontro em Orlando: A avaliação do encontro Anarquista Caribenho se ironizou que o que estão querendo é um novo Parquinho Edu Chaves Mundial Atualizado etilo uma nova "Disney Punk" como sendo a nova revolução de poder popular e o que os companheiros caribenhos queriam era saber mesmo os segredos dos Cristianismo Revolucionario ou do Cristianismo Libertário ou em resumo; São Pedro e o Cristo, a estrutura de base e a liga de espíritos das cidades.

" BAHAMAS = BARRABAS " 
Nos PUNKS estamos CHEgando !