Bandeira Vermelha e Negra da FASP

Bandeira Vermelha e Negra da FASP
Bandeira da Federação Anarquista de São Paulo

A Confederação

" Quando a Confederação chegar nenhum muro, casa, apartamento, Status Cow, propriedades, radicais e trabalhos vão separar você de você que sera o carrasco e a vitima de você mesmo.
Por tanto se amem e sejam felizes, pois os bons frutos seram multiplicados e os maus frutos serão punidos em meu jardim.
Estou cansado de ganhar almas de Ingratos que ganharam tudo isto aqui e me prodizem maus frutos no paraizo. "

The Proibid

A Coluna Anarquista Organicista

A Federação Anarquista é a Espinha Dorsal do Anarquismo

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Dama Liberdade e o Cão Anarquista


quarta-feira, 29 de maio de 2013

Geografia Anarquista Hurbana


1 º de Maio a União do Rei com os Trabalhadores

E o Rei chegou das alturas e entre as pessoas comuns se fez de mais um, passou por todas as necessidades que a vida comum nos coloca a prova, por um motivo, quis ser um igual ao meio onde estava, mesmo sendo alguém de uma Alta Hierarquia Superior ao atual Estado. Esta união geraria em primeiro momento a Revolução Industrial e Tecnológica, em segundo momento a Revolução Socialista e sua derrota, e em terceiro momento a Revolução Mundial de Capitais com a unificações de Nações e Mercados e visualizava uma quarta Revolução de reencontro da humanidade com o natureza, pois era necessário sobreviver aos efeitos das ideologias da morte e suas bandeiras.

O Clã da Educação e a Especialização

Seu Clã ou clã do Rei era a Educação que não parava de trabalhar e produzir conhecimento, pois acreditavam poder mudar o mundo através do conhecimento libertador, através das artes, da filosofia, da religião, da ciência, dos esportes, do consumo e do trabalho. A Rebeldia pertencia ao Rei que membro de uma alto hierarquia não acatava ordens e autoritarismo das hierarquias menores, exércitos e estudantes foram o palco da disputa politica e de alianças (casamentos), porem a Especialização mudaria o cenário, porque um ar de eu sei e você não sabe nasceu como arrogância contra a violência militar de quem não estudou e obedecia ordens, ter nível universitário simbolizava estar perto do Rei e estar mais perto do Rei simbolizava estar mais perto de Deus, do nosso Senhor.

Os Simbolo da Geografia Urbana

Edifícios Empresariais e de Moradias, Shopping Centers, Parques e Lazer, Super Mega e Hiper Mercados marcam como o novo Simbolo Urbano de desenvolvimento em todo o mundo.
As cidades eram agora a formação de uma nova e eterna "Classe Internacional", titulo que a Revolução Burguesa dos Cartórios, Hospitais, Telecomunicações, Internet conquistaria.

Divisam Social do Trabalho

A Divisão Social do Trabalho era a formula da riqueza e do aumento da produção para atender a demanda de uma Sociedade de Trabalhadores que produzem e consomem a riqueza gerada por eles, com o que pertence ao REI.
As casas foram aos poucos se acabando e se tornando; padarias, bares, mecânicas, empresas, advocacias, imobiliárias, centros de apoio ao trabalho, centros de coletas, salas de dentistas e médicos, lojas de roupas, floriculturas, bazares, atacadistas, lojas de manutenção de eletrônicos, estacionamentos, oculistas, bancos, correios, livrarias e papelarias, creches e lojas de veículos. Porem muitas destas casa comerciais estavam com os dias contados, pois novos centros comerciais unificavam shopping a hiper mercados e absorveram boa parte destas casas comerciais, centros de veículos começavam a se somar junto a este novo modelo, as escolas eram transformadas em um modelo universitário em edifícios para atender a demanda populacional e ficava mesmo do lado de fora espalhadas pelos bairros as novas galerias com Padarias, Jornaleiro, Sorveterias, Barzinhos e tudo mais que os grandes centros não conseguiram absorver.

De Baixo para Cima 

A acensão econômica fez surgir os Bancos como simbolo do Poder Privado e o Governo se tornou o simbolo do Poder Publico, o Sistema Privado se chamou Capitalismo e o Sistema Publico se chamou Socialismo, houve lugares onde conviveram bem e houve lugares que se tornaram inimigos, porem era a base dos sistemas públicos ou privados a classe dos produtores que sustentavam qualquer forma de gestão sistemática, seja ela o capitalismo ou o socialismo, Estado ou Empresariado. 
Existia só duas formas de mudanças, formar partido para subir ao posto do altíssimo ou se tornar um empresario e conquistar um lugar no céu de uma linda cobertura. O Governo seria o gestor de tudo no Socialismo e no Capitalismo o gestor seria o empresario e o governo seria diminuído a meras questões formais administrativas como a casa da moeda e para fazer as licitações obras publicas entre outras coisas...
Assim se configurou a Modernidade resultado da União do Rei com os Trabalhadores, em uma nova Classe Internacional que se formou, era ela a Classe das Cidades e das Capitais Mundiais e também uma nova Raça chamada de Urbanoides, os filhos da miscigenação gerou uma nova raça mundial onde a unidade era a logica comum e não a pluralidade de traços antropológicos. 


Movimento Ecologista Libertario

domingo, 26 de maio de 2013

Poesia do Castelo Anarquista


De novo estou no Clã dos Leões que me pedem
De novo um sonho em Narnia me convoca
Desejo Leonino a um intocável
Que ama e que mata
Que observa
De novo Cavaleiro de Câncer na Casa de Leão
De novo as Mãos de Tesouras na Arem
Olho distante para a Loira
Amor muito antigo
Devoção a Vênus
Da Luta de um Fiel em meio a promiscuidade
Da Luta de um Homem Religioso 
Entre a luxuria e o capital
Sobrevivi trabalhando
Sou um Castelo
Pivô do Processo chamado Revolução Burguesa
Fruto da união entre REI e Trabalhadores
Destes Shoppings que se alastram
Em meio ao Poder Publico
Ao Poder Romano
Tenho que passar pelos ancestrais de Leon
Do desejo da Deusa Gata pelo Cão
Olhos de Gatas me vigiam
Cachorras peladas
Egito e Narnia
Nojo eu sinto da promiscuidade Leonina
De locas cachorras e gatas carentes
De ancestrais de Gatos Cães
Sou um espirito diferente
Sou um religioso
Sou a família como Estado da equação perfeita
Sou a Sociedade Alternativa de descobertas
Sou a Ciência Religiosa dos tempos
Sou as Escolas e universidades
Sou o clã de Educação
A indiferença se tornou a minha nova arma
Eu na minha Lua eles na Lua deles
Passo olho e vou me embora
Muito Lindas elas são
Profanadas estão
Não tem elas a virgindade que necessito ofertar
Para oferecer a minha Santa Mãe na Igreja
Templo de Virgem esta Profanado
Crianças adulteradas
Castigo Mortal
De novo aquele Sonho do Castelo e da Selva
Sonho entre a Fortaleza e a Liberdade
O Anarquismo Verde e Negro
De novo o ciclo se repete
De novo, d'javu
Ando entre Filhotes Humanizados evangelizado
A miscigenação busca a unidade que separa
O Sol morde o seu próprio rabo de fogo
O Sol é ciclo fechado em seu eixo
Olha eles ai K.K.K.
Me sindo bem debaixo do Luar da mãe Lua
Colo este que nunca pedi a sua proteção
Sou a parte de Luz ao meio da noite
Eu amo a noite e as trevas
Me sinto bem aqui
Sou o filho e não sou o pai deste gol germânico
Desta casa da dita dura do casamento
Ente Clãs diferentes nasci
Exótico eu me sinto
Existo, Persisto !

sábado, 25 de maio de 2013

Desobediência Civil


Pega a Borboleta Edward
Seja a Metamorfose Ambulante
Chega junto dos Presentes ! 

Quem são os Nazistas ?!


Resumindo:

Os Nazistas são Nacionais Socialistas
Seu Clã é de Reptilianos Aladas
Também conhecido Clã do 07 do Egito
Clã da Ave Maria Católica (Eva invertida)
Ser Anti Nazista é ser Anti Pomba Rola
Anti Nazismo é Anti Linguiça Alemã
Ser Anti Nazismo é ser Anti Romanos


Até a Vitoria Sempre
75 sempre !


VENCEREMOS
Até a utima gota de sangue


Anti Suástica
Anti Roda da Vida


Anti Pomba Rola
Anti Nazismo


Anti Filisteus da FARJ
Anti Repteis Alados

Fascistas da Língua Portuguesa

"Agora é a nossa vez: Sociedade Civil"

Os Fascistas da Linguá Portuguesa querem reprovar os Alunos em nome do REI da Inglaterra, por considerar os erros de Português uma Brasfemia, um Ultraje, um Atentado a Casa Portuguesa, uma Coisa de Bastardos Miscigenados, uma Coisa que vem debaixo da Hierarquia da Piramide Social.
Porem o Rei esta caçoando da cara dos Fascistas da Língua Portuguesa, por um único motivo, isto é coisa de militar, uma escoria recrutada para prender seus semelhantes que desconhecem que a pluralidade da Língua Portuguesa deixa a casa mais Rica e mais inteligente, ao ponto que a linguá dita falada errada é uma língua civil e não a língua militar, codifica em fileiras do autoritarismo de cabresto da burrice da América estupida, invalida e Católica.
Todo Nacionalista é um retardado na capacidade do desenvolvimento, porque não reconhece que as cidades já são a formação de Classes Internacionais, tanto patronais como de obreiros sindicalizados ou não sindicalizados e é impossível impedir a Mundialização Cultural e a Globalização Econômica dos Capitais em todo o Mundo ou pelo menos nas cidades do Mundo.
Todo Fascista das linguás militares é um retardado porque não compreendeu que existe a Sociedade Civil e que agora é a vez da Sociedade Civil e não do Autoritarismo Militarista codificador e arbitrário.
A Educação é o Clã de King Edward e não tem espaço para golpistas das representações que querem tomar o lugar do REI ou fingir que ele não existe, pois a Educação é uma Internacional da Mundialização Cultural e da Globalização da Economia em todo o Mundo.

Anti Militarismo
Anti Fascistas da Língua Portuguesa
Anti Nacionalistas

Em defesa da SE
Em defesa da Educação Anarquista
Em defesa do Senhor dos Caminhos

Deus Salve a Rainha
Sex Piltols (Os Circuncizados)
Santo seja King Edward

O Povo Vermelho e Negro é sim
Anti Bode, Anti Cabra, Anti Cabral

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Entrevista censurada pós 1° Encontro Pró-FASP realizada ANA e republicada em 2013


Entrevista realizada pela Agencia de Noticias Anarquistas - ANA - dia 01 de Agosto, pós 1° Encontro Pró Federação Anarquista de São Paulo - FASP.

ANA – E aí, valeu ter organizado e participado do encontro pró-Fasp? Como foram esse dois dias de reunião? O que foi abordado e discutido lá?

Núcleo Pró-FASP – Foram cerca de cinco meses de organização para realizarmos o primeiro encontro Pró-Federação Anarquista de São Paulo. Como é de conhecimento de todos, essa iniciativa não é pioneira, foram varias tentativas de consolidar os anarquistas numa federação ou algo semelhante aqui em São Paulo. Uma coisa foi exclusividade, saímos, pela primeira vez sem discórdias, pessoas se juntaram com esse propósito e não deu em desavenças. Todos se respeitaram mutuamente. No primeiro dia tivemos a contribuição da FARJ, com os companheiros Rafael e Gabriel que falaram do processo de fundação da FARJ, o resgate do vetor social do anarquismo e suas atividades nos movimentos sociais. No segundo momento do primeiro dia falamos de inserção social na prática e abrimos para os companheiros presentes falarem sobre suas experiências. Nesse dia foi muito proveitoso, pois podemos confirmar algumas atividades que só acompanhávamos pelas informações na internet. Percebemos que é fundamental a importância de estarmos organicamente unidos para potencializar essas ações de militantes e apoiar nossos companheiros em outras localidades. No segundo dia foi tratado questões orgânicas, federalismo e encaminhamentos.

ANA – E "muita" gente participou? Moçada nova? De que lugares?

Núcleo Pró-FASP – As estatísticas desse evento me surpreenderam. Foram mais de 100 inscrições de mais de vinte cidades de São Paulo. Acredito que 80 % é gente que iniciaram militância a partir de 2000 (geração século XXI), mas com um grande acumulo e vivencias o que contribuiu muito para o debate. Também tivemos alguns veteranos, velhas caras se cruzaram novamente.

ANA – Foi encaminhado algo de concreto neste encontro? Alguma campanha...

Núcleo Pró-FASP – Esse primeiro encontro tinha a incumbência de alinhar as propostas de atuação da futura federação, esclarecer as duvidas sobre o modelo proposto, estreitar laços de afinidades e abrir para novos interessados o ingresso no núcleo pró-FASP da capital e encaminhar proposta de formação de núcleos no interior e litoral.
Então saímos do encontro com isso tudo encaminhado, mas faltam muito debate e acertos de ponteiros até a fundação da FASP. Mas não tardará.

ANA – Há algo que você destacaria nesta jornada?

Núcleo Pró-FASP - É imprescindível que nós, anarquistas nos organizamos e intensificamos nossa participação nos movimentos populares no intuito de dar um caráter revolucionário
a eles, ressaltar características combativas e autônomas, incentivar a
ação direta, a autogestão, etc. A futura FASP está sendo edificada com bases sólidas e “como filhote de jacaré, já nascerá mordendo”.

ANA – Pra encerrar, quer falar algo mais?

Núcleo Pró-FASP – Agradecer a todos que compareceram ao encontro, que acreditam na construção do anarquismo e aqueles que, mesmo não participando das discussões preliminares e não comparecendo ao encontro, contribuíram para realização do mesmo, divulgando e apoiando a iniciativa. Quero convidar também aqueles que ainda tem duvidas sobre a construção da futura federação para entrarem em contato com o núcleo pró-FASP da capital (agora também da Grande São Paulo) e entrem no blog do núcleo pelo endereço http://www.nucleos-fasp.blogspot.com , façam leitura dos textos publicados lá. Em breve publicaremos um relatório do encontro.

Pela retomada do vetor social do anarquismo, pela FASP!
Israel Sassá
Núcleo 1º de Maio Pró-FASP da Capital e Grande São Paulo

Observação: 
O núcleo 1º de Maio fundador da FASP, se decidiu só agora pela publicação deste texto, pois o mesmo texto avia sido censurado pelo Filisteu "Felipe Correa", quando tentava trajado de Anarquista dar seu golpe Trotskysta na FASP, mostrando a todos a intenção suja dos Filisteus para com os Judeus do Brasil e de São Paulo, que realização a articulação a FASP a 38 anos.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

O Processo de Base e o Anarquismo

Coração de Estudante

Todo grupo que se forma tem por base princípios baseados em pessoas, nos enumeramos 12 grupos para chegar no Processo de Base do Anarquismo. 

O Cristianismo tem como base Pedro que era um pescador dentro do código 33 de discernimento.

O Espiritismo tem como base Allan Kardeck que foi um dos  portadores de uma verdade doutrinaria.

A Maçonaria tem como base mor King Edward que fora um grã Mestre de sua época.

Os Templários tem como base o Rei Arthur que fora um fiel.

Os Islâmicos tem como base Maomed que fora membro de famílias sagradas ao Islan.

Os Paraisenses tem como base Éden que foi um proprietário de bens e construtor de jardins e casas.

Os Evangélicos tem como base Eva que foi um esposa dada em casamento.

Os Judeus tem como base Daimon que fora um Monarca proibido de se mencionar.

Os Ateus tem como base a religião de Atenas ou em referencia maior Zeus, qual esta historia gerou um politeísmo perseguido.

Os Católicos tem como base Cato que fora um Romana que se tornou Cristão.

O Socialismo tem como base Karl Marx que fora um Secretario de Relações Internacionais.

E o Anarquismo quem tem por Base ?
Contrario do que muitos responderiam o Anarquismo tem como base João que foi um Estudante.
Por tal motivo o Anarquismo esta repleto de livros e estudantes. E ser Anarquista tem como sentido "Entender e se fazer Entender".
E este legado fez do Anarquismo um grupo do Clã da Educação, e destes os defensores da Educação como mudança, com projetos pedagógicos do Anti Autoritarismo.

Anos Rebeldes

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Anarquismo Verde Vegano




O Fascismo em meio aos Radicais

Veganos é um absurdo, por tal motivo

apoiamos o Anarco Veganismo, que sabe

que cobaias humanas são usadas a muito

tempo por industrias farmacêuticas, deis

do advento do Nazismo com total apoio do

Sistema Capitalista Americano.


Ver um Vegado defender isto é ver Hitler,

o nosso inimigo publico numero um e

inimigo oculto secreto planejar 

novamente o novo holocausto.


Ver um vegano querer alienadamente 

explodir açougues sem defender o fim do

Latifúndio ou apoiar o MST, mostra o

atraso cultural destes descontentes.


Do mesmo jeito defender que sejam 

usadas cobaias humanas em vez de

animais e não defender o fim da industria

farmacêutica é um ato Fascista sim. 


Por tal motivo nos Anarquistas somos

Anti Veganos Fascistas e a favor de um 

Anarquismo Verde de Libertação Humana 

e Animal, por um Movimento Ecologista 

Libertário com clareza estratégica.


Por que existe um único motivo raiz no 

Anarquismo, o Anti Autoritarismo.


E por isto que a Libertação Animal e 

Humana são a mesma pauta de luta e não 

são pautas separadas nesta luta libertaria.

FEMEN ANTI NAZIS

A internacional Feminista FEMEN
e sua militância ANTI NAZISMO


FEMEN BRASIL
Contra a violência a mulher

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Em defesa da Anarquia

Nos Anarquistas somos Religiosos, devotos de Ana, e existem muitas calunias, mentiras e tentativas de incriminar o Anarquismo, que vem de muitos grupos como de Nacionalistas, Anti Católicos ou de membros do Partido Comunista em todo o mundo e hoje com o Islamismo estas calunias só cresceram e aumentaram o numero de hipócritas islâmicos que defendem um Anarquismo Armado, como se o Amor e seus devotos matassem em defesa da tirania e do autoritarismo. Tais atos de hipócritas nos Anarquistas alertamos são as suas tentativas infundadas de tentar incriminar o Anarquismo ou em resumo os devotos de Ana e do Amor, por este ser a oposição sincera ao poder e a todo o Autoritarismo, seja ele em nome que for, seja em nome da Religião, do Estado, da Nação, do Partido, da Família ...
Anarquismo é Anti Autoritarismo, Anti Violência e Autodefesa.

sábado, 11 de maio de 2013

Anti FARJ/FAU/FAO/CAB

Anti Racismo, Anti Homofobia, Anti Inimigo Interno
"Somos Anti Banditismo, Anti FARJistas, Anti CABistas, Anti FAOistas, Anti FAUistas ..."

Bruno L. R. Militante em nome e delegado da FARJ/FAU/FAO/CAB, vai entender que no REI não se manda pois este não obedece ordens seja do clero, seja de espíritos impuros, seja da CAB ou de pretensos ditos Anarquistas, pois a rebeldia Anarquista é a Rebeldia do Rei, o mais alto nível hierárquico no mundo.

Bruno Carioca tentou dar um golpe na FASP e depois dele outros FARJianos CABistas também tentaram, todos delegados e militantes golpistas do FAO/CAB em nome da FAU.



Bruno mencionou que assassinou no morro do Rio de Janeiro um homossexual que morava nas ocupações cariocas de sem tetos por este ser "Coisa Ruim", o matou só porque este era homossexual.

Bruno passou na USP carregando Armas para o Rio Grande Do Sul.

Bruno defende a Causa Palestina de Assassinos e professa o Anti Semitismo, a Judeus. No minimo deve ser muito louco.

Este é o Perfil dos Banditismo da quadrilha FARJ/FAU/FAO/CAB

Bruno é este que vem em nome de uma Organização de Devotos de Vênus ou seja o Anarquismo, fazer o assassinato de pessoas e realizar golpes armados em nome do seu Anarquismo bolchevick golpista, caiu na rede da Policia Secreta e nem entendeu sua contradição e falta de conhecimento.


" Não se enganem quando uma pessoa se dizer ser um adepto da Religião Anarquista, ele pode estar querendo destruir o Anarquismo, porque o Anarquismo ameaça o Islamismo por falar em Liberdade, como o caso Bruno, assassino em depoimento próprio a homossexuais, nos Morros das Periferias do Rio de Janeiro ".

Quando o Setor Anarquista se torna uma Frente Especifica

Bandeira de um Estado Anarquista no Brasil

O CAMINHO

As Frentes de Lutas são marcadas por serem organizações locais articuladas, porem a frente comunitária ou organização no bairro, ganha com a compreensão de Estado, uma abrangência maior e o Setor de Lutas Especificas como de gêneros; feminismo, Arco-Iris glbt, Juventudes, Terceira Idade, Identidades Raciais como de Negros, Índios e Oprimidos se torna uma Frente de Luta, sem o caráter local original, porem com o Caráter Local de Nação, um desvio de caminho Anarquista, mais de forte expressão na atualidade, como o FEMEN, as Manifestações GLBT, as Juventudes Anarquistas quebrando tudo nas manifestações mundiais, os Bailes da Terceira Idade, as manifestações da Movimento Negro e do Movimento Indígena entre outros.

A Trilha

Ao Anarquismo o maior Setor que se torna Frente é os das Juventudes Anarquistas, que se dedicam em especial as Artes; musica, pinturas, moda, comportamentos, turismo, encontros, atividades politicas de protestos ...
Estas Juventudes Anarquistas são os JUANA's
ou a nova tribo mundial do Povo de Deus, descendentes das Juventudes de Deus que eram os Judeus.
A Juventude Anarquista é hoje o grupo de expressão do Povo Anarquista ou da Religião chamada Anarquismo.
Este caminho acontece quando se busca um Caminho Alternativo e neste caminho se reconhecem como Estado, surgindo um Anarquismo de Estado, com Religião, Setores Jurídicos e Setores Ideológicos entre outros.

Isto que a FASP descreve é o que esta acontecendo, esta é a atual pratica histórica do Anarquismo no mundo em especial no Brasil.   

A Traição do Fuhrer e a derrota da Alemanhã

O Cartola de Vedetas Românticos em SP / SP

E o REI amou Vênus

No imaginário popular principalmente aqui no Brasil a Loira é aquela que todos querem, não por sua beleza e sim por um motivo especifico.
Ela era a princesa amado do Rei, com quem o Rei quis se casar, e que fez para ela os lindos contos das fabulas infantis, o sonho de todas as crianças, meninos e meninas.
O que eles querem é o que pertence ao Rei, por tal motivo querem aquela que o Rei amou.
Rei só existe no Cristianismo, porem o Rei é um Judeu, e a historia de amor se tornaria um pesadelo de campos de concentração e extermínio de quem amou um povo loiro.
Pois a Alemanha tinha sido evangelizada para que o casamento entre o Rei Inglês e a Vênus da Alemanha acontecesse.
Todos os planos da Sociedade Secreta Anarquista deu errado, e o povo que ganhou identidade racial, era luxurioso, pecaminoso, e  mortais assassinos. Assim a Alemanha se tornou, a escoria da humanidade, que foi escolhida e iria ser coroada e acabou como uma puta montada em cima da besta, do dragão.

O Gordo e o Magro

Cansamos de avisar a Cidade é uma Sociedade Alternativa onde somos todos somos assistidos, a cidade é sistema onde Deus assiste a tudo o que fazemos.
O fruto da cidade existe, quem o morde, o come no minimo enlouquece ou vai ter que trabalhar por toda a vida eterna.
O bigodinho do gordo que virou o magro com fome se viu no assassino do Povo Eleito, no assassinato do povo do corporativismo das cidades.
Porque tudo o que vocês assistem na televisão faz parte do corporativismo da Sociedade Alternativa, dos filhos das cidades.

A Lista de Schindler

No filme; A Lista de Schindler, se mostrou o comportamento de quem capita a lista ou do capitalista, aquele benfeitor que é um patrão mau caráter, pois quer ficar rico, mais que em tempo de guerra interessa as vitimas indefesas.
Foi tal comportamento capitalista que derrotou a Alemanha Nazista, foi o comportamento do Espirito Ingrato ou ainda o Espirito Inglês.
Quando Jovens Anarquistas destroem bancos ou industrias, nos Anarquistas mais velhos desconfiamos de que estas ações são do Espirito Ariano reagindo por ser um perdedor até o momento. Isto ocorrer e se assiste por que a casa pede por jupiter e marte, quem não vence no jogo pode recorrer a guerra e na guerra vemos Jovens Anarquistas combatendo o capitalismo nas frentes de lutas em todo o mundo.
Anarquismo é o amor do Rei por sua Vênus, porem é a troca desta pela Lua, a troca da loira pela morena, por amores não correspondidos.
A geração EMO marca o cenário atual das Juventudes Anarquistas em comportamentos que pede por Vénus e não por jupter e marte.

Xingu

Filha da Puta, cuzão, caralho, se escuta estas palavras organicistas na reação dos filhos do Rei de Paus, se escuta dizer isto das bocas das tribos que foram evangelizadas e urbanizadas, no Brasil porque o Radical ED, esta aqui no Brasil e não na Inglaterra.
As índias foram profanadas pelos portugueses colonizadores e seus descendentes no Brasil miscigenado usam estas expressão para dizer do ciclo onde vai estar a vitima e o vitimador no mesmo saco de gatos, onde serão um o outro, ou seja falam da roda da vida aos europeus, falam da cobra mordendo o próprio rabo, ou ainda do fechamento do ciclo econômico, da crise e das restrições religiosas econômicas.

Assassinatos dos membros das Juventudes de Deus (Judeus) do Partido de Deus

A Alemanha perdeu porque assassinou o povo do Rei que a amou, em campos de concentração e extermínio.
Mais perdeu muito mais, porque o espirito do Rei Inglês é o espirito de um Rei dos Plebeus das cidades, que criaram o dinheiro como alternativa a sobrevivência nas cidades, a qual esta alternativa se tornaria um sistema imperial mundial como nova ordem no mundo.
Isto foi o que os Arianos não intenderam, alem de não entender que este é um fruto das cidades e não dos campos ou camponeses católicos.

sexta-feira, 10 de maio de 2013

O que são Alianças Politicas Socialistas ?

Destruir a ideologia de dominação para o Anarquismo voltar a Reinar em todo o Mundo

" O Famoso Bigode Anarquista usado 
pelos Imigrantes Europeus no Brasil "

Grupo inicial do Clero Socialista

Aliança: Campo e Cidade 
Grupo de Interesses: Os Mercados
Se chama: Programa Comunista
Simbolo: Foice e Machado
Cor Simbólica: Vermelho
Organização: Partido Politico
Ordem: Visionaria
Palavra da Ordem: Deus vê tudo oque você Faz
Clã: da Historia 
Investimento: Exércitos
Pensamento: Hierarquia
Escola: Militarismo Imperial
Modulo Operante: Recrutamento
Grupo Revolucionário: Romanos
Revolução: Camponesa
Antecessores: Tribos

Grupo inicial do Clero Socialista Libertário



Aliança: Rebelde
Grupo de Interesses: Lojas
Se chama: Programa Libertário
Simbolo: "A" da Anarquia
Cor Simbólica: Negro
Organização: Associativa, Federativa
Ordem: Esquadro e Compasso
Palavra da Ordem: O Governo Existe 
Clã: da Geografia
Investimento: Espaços Públicos
Pensamento: Governista
Escola: Universitária
Modulo Operante: Educação
Grupo Revolucionário: Inglês Maçons 
Revolução: Industrial
Antecessores: Artesões 

Grupo inicial do Clero Anarquista

Aliança: Aliança entre os filhos das Alianças Vermelhas e Negras ou Filhos Aliança Rebelde com os filhos da Aliança Campo e Cidade
Grupo de Interesses: Shoppings
Se chama: Programa Anarquista
Simbolo: Bandeira Vermelha e Negra
Cor Simbólica: Vermelha e Negra
Organização: Organização Federativa Especifica de Anarquistas ou Especifismo
Ordem: Monárquica 
Palavra da Ordem: O Tempo dirá
Clã: Historia e Geografia
Investimento: Integração Popular através de Espaços Físicos para Participação Comunitária
Pensamento: Ateneus Comunitários Insurgente
Escola: Organização de Calendário Associativo junto ao Estado, Poder Alternativo Paralelo ao Estado
Modulo Operante: Ironia Politica de Resistência Popular, Oposição Sindicalista
Grupo Revolucionário: Burguesia Emergente 
Revolução: Burguesa 
Antecessores: Feirantes, Pequena Burguesia

domingo, 5 de maio de 2013

Concepção de Poder Anarquista

Especifismo Anarquista, Politica Concêntrica Religiosa do Poder Anarquista

" A Politica Simbólica do PODER ANARQUISTA ou a volta de King Edward "


" A Atuação Anarquista em Níveis e Frentes de Lutas deve uma atuação militante de Equilíbrio Religioso para a vitoria sempre do Anarquismo como ESTADO Anarquista Permanente " 

"O  Nível Interno Anarquista é o Ideológico, o Nível Intermediário Anarquista é o Jurídico e o Nível Externo Anarquista é a militância Social"

" O Nível Ideológico Anarquista é o centro do Poder da concepção Anarquista de Ascensão de Classes pela Economia, seu simbolo o corte diagonal, o Nível Jurídico Anarquista é o simbolo da centralidade em entidades jurídicas e o seu simbolo é o corte Vertical, o Nível Social Anarquista é o Poder Popular dos Iguais e o seu simbolo é o corte horizontal "

" E esta Politica concêntrica fica redondinha em 12 Níveis da Conquista do Mundo, pelo Anarquismo Organizado Socialmente em níveis e Frentes já descritas neste site sobre o tema de Códigos, Símbolos, Níveis, Frentes Anarquistas de Inserção Social de Militantes do Estado Anarquista Insurgente Mundial "


" Imagem Religiosa para o discernimento Anarquista de Militância "

Encontro Latino Americano da CAOS na Argentina



" IMAGEM ANTI POMBA ROLA, ANTI DITADURA POPULAR "



Pautas para o 1º Encontro Anarquista 

Latino Americano da CAOS, na Argentina



Pautas da CAOS na Argentina 
2013/2014


CAOS Pauta 1º:

Viabilização de Espaços de Sociabilidade

 Libertaria em todo o Mundo:


1º dia:


Manha:

Ultima chamada de Chegada e alojamento, Apresentações dos grupos inscritos e convidados

Tarde:

Debate estrutural sobre as experiências em Espaços Anarquistas já conquistados como Ateneus Libertários, Barzinhos Alternativos, Lojas Cooperativas, Ocupações Urbanas e Ocupações Rurais entre outros Espaços Anarcos

Noite:

Confraternização Barzinho CAOS


CAOS Setoriais Pauta 2º:

Viabilização dos setores regionais da CAOS em todo o

Mundo, experiencias com a Liberdade Associativa:


2º dia

 Sub Pautas:


Parte da Manhã


A) Debate sobre o avanço do inimigo interno ao Anarquismo, a infiltração de agentes Bolchevicks do Anarquismo promovido pela FAU e pela CAB 

B) Debate sobre o Setor da CAOS Latino Americano / FALA 

C) Debate sobre os Setores Nacionais, suas Estaduais, Regionais, Sub Regionais, Grupos e Indivíduos Associados


Parte da Tarde


D) Estruturas Jurídicas e o Anarquismo Organizado, sua Pedagogia Libertaria da Metodologia de Paulo Freire da Tabola Redonda e o Livre Associativismo da CAOS

E) As Juventudes Anarquistas e o surgimento do Anarquismo EMO como o Anarquismo de Estado


Parte da noite


F) Comunismo Monetário a nova onda mundial da associação entre Poder Publico e o Poder Privado e o Catolicismo Protestante da América Latina junto aos Movimentos Sociais Rurais e Urbanos

G) Estruturas de Comunicação e o Anarquismo, códigos e símbolos da unidade Anarquista Mundial